quarta-feira, fevereiro 28, 2007

Vida e Glória de Manito Barros

Poucas pessoas podem se orgulhar de ter uma vida com tantas histórias e lembranças inusitadas (para não dizer bizarras), que nos fazem crer que as mesmas deveriam ter no mínimo 200 anos para ter vivido tudo aquilo. Manito Barros é (ou foi, vai saber...) um desses.

Manito é músico multi-instrumentista. Domina o violão, passando pela guitarra, baixo, teclado, bateria, berimbau, flauta, harpa, oboé e todo e qualquer artefato que produza som. Auto-didata, dizem que seria capaz de aprender qualquer instrumento de um dia para o outro, podendo inclusive após esse prazo de 24 horas lecionar com propriedade para aqueles que tiveram a sorte de tê-lo como mestre.

Sim, Manito tambem é professor. Teve como felizardos alunos diversos conhecidos meus, que aprenderam com ele técnicas e nunaces de guitarra, violão, baixo e teclado. Aliás, poucos tiveram a sorte de ver sua performance em solos de teclado. Manito formou músicos e tinha tanto amor à arte que mesmo fragilizado pela ingestao de uma mal fadada coxinha, não esmoreceu e compareceu à aula. Cagou forte, é verdade, no banheiro do aluno, mas compareceu.

Como se vê Manito é guerreiro, daqueles que nunca desistem, corajoso. Tão corajoso, que se aventurou na Ponte do Rio que Cai nas famigeradas Olimpíadas do Faustão. Foi alvejado impiedosamente com um tirambaço na cabeça. Caiu, levantou, bola pra frente. Muitos projetos a serem realizados e nada poderia detê-lo.

Pois, claro, Manito é empreendedor. Tinha um sonho, gravar um disco. Foi atrás, ainda que isso implicasse convencer seus alunos a se comprometer por escrito a comprar cópias se e quando a obra-prima fosse lançada. Poucos aderiram, mas Manito não esmoreceu, sempre teve esperança.

Tanta esperança que escreveu ao Porta da Esperança, em busca de seu sonho. Para isso, nem a falta de telefone (e provavelmente endereço fixo) atrapalharia. Deu o telefone de um de seus alunos como contato (ainda que somente informasse tal aluno tempos depois), mas não foi chamado. Será que sua esperança menos importante e merecedora de atenção que tantas outras?

Nem isso o abalou. Muito pelo contrário, o fortaleceu. E atitudes radicais foram necessárias. Pediu um adiantamento a todos os seus alunos e utilizou os recursos da forma que entendeu correto. As aulas pagas adiantadas ainda não foram dadas e naquela fase da vida Manito precisou sumir por uns tempos. Assim que a poeira abaixar, segundo o palavras do próprio, ele reaparecerá. Faz mais de dez anos, mas se ele prometeu, irá cumprir.

Nesse interim, mudou seu nome provisoriamente para Samuel Dantas. Sim, Manito é na verdade dois, ou quem sabe mais, tal como a lenda viva (ou não) que ele se transformou deve ser. Manito fez história onde passou. Manito aconteceu, criou, chorou, riu. Eu não conheci Manito, mas sei que Manito é gente que faz. Gente que faz merda.

Burp!

10 Comments:

Anonymous Anônimo said...

hahahaha, uma das coisas mais geniais que li!!!!
Falken, vc só esqueceu da história que ele estava nacasa de um produtor e o mesmo perguntou se nosso nobre Manito tinha curtido...mas antes tinha que chegar no produtor antes....hahaha
demais, Manito é uma lenda viva com suas sandálias de cangaceiro!

Abs
Rudy

6:33 PM  
Anonymous Anônimo said...

ERRATA: faltou a informação se tinha curtido a mulher dele...

Rudy

6:34 PM  
Anonymous Anônimo said...

Nem eu lembrava de tantas histórias assim! Manito merece não só um post, mas um website exclusivo! Será que ele tem?

Feta

7:21 PM  
Anonymous Anônimo said...

anônimo disse... É O CACETE !!!!!!

Jaga! disse...

A Floka, como sempre, perfeito !
Fiquei tão emocionado de lembrar desta história, que fui a procura de Manito, afinal também não conheço a fuça deste safado.
Concluindo, puxei a capivara de um tal de Samuel Dantas, por favor (aos que o conhecem)... Vê se é esse o meliante.

http://www.flickr.com/photos/acacionas/244453474/

http://www.flickr.com/photos/acacionas/244453475/

http://www.servos.com.br/hist.htm

Grato,
Jaga!

11:24 PM  
Anonymous Anônimo said...

Acredito que seja esse o safardana...
Se vcs repararem, no segundo link ele aparece executando o famoso solo de teclado que ele ensinou ao nosso amigo Canga.

Jaga!

11:28 PM  
Anonymous Anônimo said...

Hahahahahah...Bloka, meus parabéns..você fez o impossível..se superou...estou cagando forte de tanto rir. Tive o prazer de vislumbrar o solo de teclado de Manito...coisa rara e muito didática...te ensina que música é coisa do além!!! hehehe.
E Jaga...Puta que o Pariu!!! É ele mesmo!!! Temos que ligar e combinar um show com o Safardana do Sucesso!!!

Aueba 1000!!!

SÔ!

2:23 AM  
Anonymous Anônimo said...

CAAAARAAAACAAA

É ELE MESMO!!!

Jaguita, parabéns!! Para mim, é a primeira aparição (ainda que virtual) do grande Samuel Dantas após anos de hiato!!

Tou emocionado...

Feta

1:02 PM  
Anonymous Anônimo said...

Vc viu que tem o telefone dele? Vamos chamar ele para um Ugue´s!!

Hahaha... continuo emocionado.

Feta

1:04 PM  
Anonymous Anônimo said...

Vejam isso... O cara tem até CD gravado!

http://brasilmusik.com/s/samuel-dantas/samuel-dantas.htm

Tem até uma música chamada "Jumento Legal".... Hahahaha!

Feta

1:24 PM  
Anonymous † a † i l i n d a said...

Falken....!
que saudade! um tempão que nao venho mais aqui no seu blog...!
ta bem bacana pelo que dei uma lida!
acho que vc nem lembra mais de mim né?
a tati - tatilinda - do blog do felipe (estadão)...
anfam!
to contente de passar por aqui!
um bjao pra vc!

6:02 PM  

Postar um comentário

<< Home